Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

MP3 completa 14 anos e homenageia a senadora Regina

  • Publicado: Quinta, 02 de Agosto de 2018, 12h39
  • Última atualização em Terça, 07 de Agosto de 2018, 11h06
Tamanho da letra:

HomenagemHomenagem

 

 

O Movimento pela Paz na Periferia (MP3) comemorou nesta quarta-feira, 01, 14 anos de existência com um almoço especial para amigos e colaboradores do projeto. A senadora Regina Sousa (PT-PI) participou e foi homenageada. "Como alguém que veio de origem pobre como a gente, ela sempre foi mais sensível à nossa causa e nos deu um aporte para que o projeto nunca parasse", declarou Júnior do MP3, fundador.

O MP3 foi criado no ano de 2004, no bairro São Pedro (onde fica sua sede) e desenvolve trabalhos com jovens em situação de risco.“O MP3 começou por uma questão de necessidade. Alguns jovens viram que era preciso trabalhar para transformar a vida de pessoas da comunidade, especialmente de quem era envolvido com as gangues em Teresina. Usamos a linguagem do hip hop para falar de transformação e para denunciar o que está errado”, explica.

O projeto oferece diversas atividades como cinema, oficinas de Corte e Costura (Montagem de sacolas), aulas gratuitas de skate, boxe e dança de rua, inclusão digital e metarreciclagem, cursos de computação, projeto com a comunidade quilombola do "Mimbò", na cidade de Amarante-Pi.

Ana Maria, a atual presidente, é fruto do trabalho realizado. Atendida pelo projeto, tornou-se instrutora de informática. "Foram 14 anos nada fáceis. Temos ainda dificuldades mas o que nos motiva é ajudar mais pessoas com esse trabalho", declarou.

A senadora Regina Sousa (PT) relembrou um pouco da história do movimento, que começou com o pré-vestibular para negros, grafite, serigrafia e a dança, e dos desafios enfrentados no início, quando a vizinhança chegou a fazer um abaixo assinado pedindo a saída do projeto da comunidade. "Continuem com esse olhar para o social, para o mais frágil, para os mais pobres, para quem mais precisa", declarou.

registrado em:
Fim do conteúdo da página