Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
PL 4330

Terceirização é “golpe letal” contra trabalhador, diz senadora Regina

  • Publicado: Quinta, 23 de Abril de 2015, 18h26
  • Última atualização em Quinta, 23 de Julho de 2015, 12h30
Tamanho da letra:

Regina: “A ganância pela maximização dos lucros é, infelizmente, aliada inseparável da minimização de direitos e garantias para os trabalhadores”Regina: “A ganância pela maximização dos lucros é, infelizmente, aliada inseparável da minimização de direitos e garantias para os trabalhadores”A senadora Regina Sousa (PT-PI) lamentou, nesta quinta-feira (23), a aprovação, pelo plenário da Câmara, do (Projeto de Lei 4330/2004), que ficou conhecido como PL da Terceirização. Para Regina, com o pretexto de se corrigir e regulamentar direitos abre-se uma porteira para a terceirização desenfreada.  

“A terceirização sem limites acaba com a identidade dos trabalhadores em relação aos seus ramos de atividade. O conceito constitucional e legal de categoria será transformado em prestadores de serviços contratados e demitidos conforme os interesses do mercado, pouco importando o ser humano e sua busca de conhecimento e aprimoramento de sua produção”, disse.

Os reflexos dessas políticas de rebaixamento salarial, segundo Regina,não são apenas desastrosos para os trabalhadores e suas famílias. Eles atingem fundamentalmente o mercado interno, cujo movimento é decorrente do poder aquisitivo dos trabalhadores e trabalhadoras. “Ao diminuir o poder aquisitivo dos trabalhadores e diminuir o poder de compra, a produção também diminuirá. Na prática, essa lei que maximiza o lucro é recessiva em médio prazo, comprometendo o desenvolvimento do País”, reforçou.

A senadora ainda fez uma análise do que classificou como “estranha visão de justiça”, onde mentir, caluniar e agredir com discursos de ódio passa a ser algo válido, se for contra o governo federal e o Partido dos Trabalhadores. Regina comparou, ainda, as manifestações contra o governo federal que é decorrente do ataque raivoso e articulado que ocorre com tranquilidade e apoio financeiro que resulta em infraestrutura de grandes eventos. Enquanto isso, manifestações em defesa do direito dos trabalhadores são reprimidas de todas as formas possíveis.

“Foi nesse quadro de avanço de forças conservadoras que a Câmara perpetrou um definitivo e letal golpe às relações de trabalho, há muito precárias, dos trabalhadores brasileiros”, avaliou.

Regina explicou que o real objetivo por detrás da terceirização generalizada é o incentivo a formação de empresas de serviços que ofereçam preços cada vez menores na disputa pelo mercado. Assim, menores salários serão pagos aos trabalhadores, gerando um rebaixamento da incidência dos salários na economia e lucro apenas para as prestadoras de serviços. “A ganância pela maximização dos lucros é, infelizmente, aliada inseparável da minimização de direitos e garantias para os trabalhadores”, salientou.

PT no Senado

registrado em:
Fim do conteúdo da página