Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Regina Sousa exige justiça para Marielle e Anderson

  • Publicado: Quinta, 15 de Março de 2018, 12h02
  • Última atualização em Terça, 20 de Março de 2018, 14h22
Tamanho da letra:

Foto: Brasil de FatoFoto: Brasil de Fato
A senadora Regina Sousa (PT-PI), presidenta da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, manifestou, por meio de Nota Oficial enviada à família e à Direção do PSOL, sua “profunda indignação e tristeza” por conta do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL/RJ) e de seu motorista, Anderson Gomes.

Na nota, a senadora lembra que Marielle era uma jovem mulher negra militante que, corajosamente, denunciava o genocídio sofrido pela juventude negra no Brasil. “Há duas semanas, Marielle assumiu a função de relatora da Comissão da Câmara de Vereadores sobre a Intervenção Federal no Rio de Janeiro e denunciou os policiais do 41º Batalhão da Polícia Militar de Acari, que ela chamou de ‘Batalhão da morte’, pela forma violenta com que atuava na comunidade”, disse.

Regina afirmou que as balas que atingiram e ceifaram as vidas de Marielle e Anderson atingiram todos e todas que defendem os Direitos Humanos no Brasil e no mundo. “Os familiares, os companheiros e as companheiras de luta de Marielle e Anderson contam com minha total solidariedade. Esse crime não poderá ficar impune”.

A senadora piauiense exige que as investigações sejam conduzidas com isenção e profundidade para que os autores e seus mandantes sejam encontrados, processados e julgados e paguem pelos crimes hediondos que cometeram.

Veja a nota:

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página