Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
mulheres na política

Mulheres lutam por aumento da presença feminina na política

  • Publicado: Sexta, 12 de Junho de 2015, 00h00
  • Última atualização em Quinta, 09 de Julho de 2015, 11h28
Tamanho da letra:

A senadora Regina Sousa (PT) e a deputada federal Iracema Portela (PP) estão organizando no Piauí o lançamento da campanha Mais Mulheres na Política, a reforma que o Brasil Precisa, na próxima segunda-feira, dia 15, às 8h, no Cine Teatro da Assembleia Legislativa. O evento tem o apoio da procuradoria Especial da Mulher no Senado, Secretaria da Mulher na Câmara dos Deputado, gover-no do Estado, Ordem dos Advogados do Brasil e Fundação Milton Campos. E objetiva é incluir na reforma política a reserva de 30% das cadeiras nas casas Legislativas para o sexo feminino.

A senadora Regina Sousa lembra que as mulheres brasileiras constituem a maior parte da população, maioria no eleitorado, participam com mais de 40% da produção nacional, mas ainda é pequena a presença feminina nas Casas Legislativas. No Senado são apenas 13 parlamentares e na Câmara dos Deputados, 51. Nas Assembleias Legislativas a presença feminina é de apenas 11% e nas Câmaras Municipais, 13,3%. Além disso, dentre os 28 partidos com representantes na Câmara Federal, so-mente 11 têm bancada feminina.

“Cota é instrumento de promoção de igualdade onde há desigualdade”, diz a senadora Regina Sou-sa que entre 188 países, o Brasil ocupa a 124ª ordem decrescente de participação feminina no Poder Legislativo. E dentre os 20 da América Latina, o Brasil só ganha do Haiti. Por isso a senadora expli-ca que a meta é a equidade, mas a proposta para a próxima eleição é 30% das vagas em disputa no Poder Legislativo dos três níveis federativos sejam destinadas a gênero diferente, avançando cinco pontos a cada eleição até chegar aos 50%.

No Piauí, foram convidadas autoridades e representantes de entidades que lutam pelos direitos da mulher. Estão confirmadas a vinda de caravanas de vários municípios para o lançamento da campa-nha que já foi realizada em Estados como São Paulo, Amazonas, Acre e Rio Grande do Sul. A pro-curadora especial da mulher no Senadora, senadora Vanessa Grazziotin (PC do B-AM) chegará no domingo ao meio dia. O governador Wellington Dias e a vice-governadora Margarete Coelho irão participar da abertura do evento.

registrado em:
Assunto(s): mulheres
Fim do conteúdo da página