Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Conheça a senadora Regina Sousa

Criado: Quinta, 01 de Janeiro de 2015, 14h12
Tamanho da letra:

Regina Sousa atua pelo acesso à  educação, defesa dos direitos  humanos, justiça social e  atenção com o meio ambiente Regina Sousa atua pelo acesso à educação, defesa dos direitos humanos, justiça social e atenção com o meio ambiente Nascida na cidade de União em uma família de 14 irmãos, Maria Regina Sousa, 68 anos, é a primeira mulher a assumir o Senado pelo Piauí. E tem como meta defender os temas Educação, Meio Ambiente e Direitos Humanos, fazendo parte das Comissões Técnicas que discutem esses assuntos no Senado Federal. Atualmente preside a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa.

É fundadora do Partido dos Trabalhadores e militante sindical desde 1978.Filha do trabalhador rural Raimundo Sousa Miranda, já falecido, e da dona de casa Maria da Conceição Silva Miranda. Aos 10 anos já sabia plantar e colher feijão, milho e fava. Foi quebradeira de coco e observando o que acontecia com seus pais que moravam em terra alheia, ainda menina, compreendeu a necessidade da reforma agrária, expressão que aprendeu com um tio militante das Ligas Camponesas, através do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de União.

Regina Sousa é funcionária aposentada do Banco do Brasil, ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores, do Sindicato dos Bancários e do Diretório Estadual do PT.

É formada em Letras com habilitação em língua portuguesa e língua francesa pela Universidade Federal do Piauí. Em plena ditadura militar, deu início ao seu processo de consciência política, atuando nos movimentos sociais. Tornou-se professora em 1971, primeiro do ensino fundamental, depois no ensino médio e na Universidade. Ingressou no Banco do Brasil em 1983, quando mergulhou na atividade sindical, onde conheceu seu grande parceiro político, Wellington Dias – atual governador do Piauí. Foi presidenta do Sindicato e começou a organizar a Central Única dos Trabalhadores no Estado, tornando-se dirigente Nacional da entidade. Sempre ao lado de Wellington, tornou-se presidenta do PT e coordenou as campanhas do amigo até tornar-se secretária de Administração do governo do Piauí, exercendo o cargo nos dois mandatos de Wellington à frente do Executivo Estadual.

No Senado realiza audiências públicas sobre direitos trabalhistas, terras indígenas e quilombolas, violência contra a mulher e a população LGBT, Previdência Social, combate ao racismo entre outros. É autora de vários projetos tramitando n Senado, entre eles o ,que garante mais proteção social a crianças com pai ou mãe encarcerados, permite acervo de livros paradidáticos e de literatura infantil em salas de aula da educação infantil e dos cinco primeiros anos do ensino fundamental e o que garante transporte para mães e filhos recém-nascidos entre o local do parto e a residência, e da residência ao serviço de saúde para complementação de exames.

Defende o empoderamento das mulheres como fundamental para a mudança política no país.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página